sábado, 21 de setembro de 2013

11 DE OUTUBRO DIA NACIONAL DO DEFICIENTE FÍSICO

Os deficientes físicos representam aproximadamente 40% do total de pessoas com deficiência no país, é por eles que muitas manifestações e reflexões acontecem nesse dia. Mais que acessibilidade física, é preciso transpor as barreiras e dar condições para que tenham acesso à cultura, esporte, lazer, educação e ao mercado trabalho, de forma a impedir que suas habilidades sejam ofuscadas.
A ONG OLHO D’ÁGUA DO PANEMA, LUCIANO BAIXINHO E A SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE CAPÃO BONITO, mediante o Centro de Apoio Pedagógico “Paulo Freire” convidam você a fazer parte desta luta através do I Concurso voltado para este tema, conforme segue:
Desenho è Acessibilidade (alunos 6º Ano)
Redação è Inclusão (alunos 7º Ano)

Objetivo:
CONCIENTIZAÇÃO em longo prazo, realizando um concurso, visto que irá preparar futuros cidadãos mais atualizados em questões de ACESSIBILIDADE E INCLUSÃO.


Apoio ONG Olho D’Água do Panema.




quinta-feira, 5 de setembro de 2013

I Festival da Música Sertaneja da Raiz

Semana do Aniversário do Rio Paranapanema
I Festival da
Música Sertaneja da Raiz
“Paulo Pires de Moraes”

Organizado pela ONG Olho D'Água do Panema

1º Os Dois Violeiros  - Filhos da Liberdade - Campo Grande - MS

2º Paraná e Piazinho - O Ultimo dos Carreiros - Pouso Alegre - MG

3º João Pedro e Adriano - Meu Pai  – São José do Rio Preto - SP 

4º Heraldo Santana e Marcelo Violeiro - Saudade de um Carreiro - Capão Bonito - SP 

5º João Paulo e Bruno Reis - Bolinha - Pedreiras - SP

6º Kanon e Marlon – Pescador e Catireiro - Capão Bonito - SP

7º Cristiano e Rafael - Amargurado - Capão Bonito - SP

8º Martha Prandi e Delmyr - Sonho de Caboclo - Pilar do Sul - SP

9º Bruno Viola e J. Silva - Final Dos Tempos  - Itapeva  - SP

10º Anathan Viola e Tauã - Presente Especial - Munhoz – MG

ANIVERSÁRIO DO RIO PARANAPANEMA

 27/08 – Data Simbólica do Aniversário do Rio Paranapanema, na Fazenda Bom Jesus, ato cívico com Alunos da Rede Municipal de ensino, parabéns ao RIO e soltura de 125.000 (cento e vinte cinco mil peixes) de espécie nativas da região em parceria com a DUKE ENERGY.
No ano de 1979, alguns jovens de Capão Bonito, juntamente o então Prefeito Sr. Abibi Elias Daniel com mais os políticos da época, simpatizantes, entre os quais o "Sr. Paulo Pires de Moraes", revoltaram-se mediante a construção de uma fábrica de Celulose as margens do nosso Paranapanema, na região de Angatuba, foram ate lá inutilizamos as maquinas da terraplanagem e conseguimos a adesão de 11 (onze) municípios da região e fomos com 16 (dezesseis) ônibus ate o palácio do governo do Estadual, chagamos de manhã e nos aglomeramos em frente o palácio, para tentar uma audiência com o então governador Paulo Maluf, nesse ínterim, passou um rapaz e perguntou o que estava acontecendo. Mediante a explicação, essa pessoa se identificou como sendo "TIÃO CARREIRO", resultado obtido:
Conseguimos a "LEI 2060", que proíbe a construção de indústria poluidora desde a represa Jurumirím ate as nascentes do Rio Paranapanema e a música "RIO PARANAPANEMA DO TIÃO CARREIRO".
Eu posso afirmar, pois estava lá.
Paulo Fernandes de Moraes.