domingo, 11 de setembro de 2011

Homenagem às vitimas de 11 de setembro

Mãos nos rostos
Para esconder o terror
O medo...a angustia...
A incompreensão...
Sangue...tanto sangue...
Lágrimas...tantas lágrimas...
Sem razão...
Sem vontade...
Com muito desgosto...
Pedaços de tudo...
Pedaços de vida...
Destroços...corpos...membros...
Vidas destruídas
Num minuto...
Porquê elas?
Porquê tudo isto?
Será que o mundo mudou
Com todo este horror?
O terror continuou...
O dia não se apagou...Autor desconhecido: